Viagens Internacionais

DOCUMENTAÇÃO: Passaporte original com validade mínima de 06 meses da data do embarque e visto de entrada para os países que os exigirem. Levar uma cópia comum do RG e do passaporte (página com a foto e dados).

A VIAGEM: Vestir-se confortavelmente e levar um agasalho durante o voo. Em voos longos, fazer pequenos alongamentos e uma caminhada a bordo, a cada hora, para reativar a circulação. Levar um bom livro, palavras cruzadas, revistas para passar o tempo. Aproveitar o tempo livre para preencher os formulários de imigração que serão distribuídos a bordo, antes do desembarque.

IDENTIFICAÇÃO DE BAGAGENS: A KTS TURISMO entregará etiquetas de bagagens e uma identificação com seu nome para ser colocada no interior de sua mala. Substituir identificações anteriores.

RESTRIÇÕES DE LÍQUIDOS/GÉIS NA BAGAGEM DE MÃO: Todos os passageiros estão sujeitos à revista corporal no portão de embarque, a fim de identificar líquidos, géis, cremes, pastas, loções, bebidas, protetor solar, etc. Estes produtos não poderão exceder 100 ml e deverão estar acondicionados em uma embalagem plástica transparente hermeticamente fechada (tipo freezer), não excedendo 20 cm X 20 cm, caso contrário os itens não serão aceitos. Levar uma peça de roupa na bagagem de mão, para situações emergenciais (como em casos de extravio).

FRANQUIA DE BAGAGEM INTERNACIONAL: A franquia de bagagem pode variar de acordo com a companhia aérea. Geralmente, são permitidas até 02 malas de 32 kg cada e 01 bagagem de mão de até 05 kg. Fique atento aos trechos internos, onde a franquia pode ser menor. Recomendamos viajar com apenas 01 mala grande, além da bagagem de mão (com rodinhas, preferencialmente).

BAGAGEM DE MÃO:Não poderá ultrapassar a dimensão total de 115 cm. As medidas máximas para cada dimensão são de 23 x 40 x 55 cm.

BAGAGEM DESPACHADA: Todo líquido ou gel, que exceda 100 ml ou que na embalagem conste mais de 100 ml, objetos perfurantes (tesouras, alicates, pinça), spray, fósforos e isqueiros, devem ser colocados na mala despachada. Serão confiscados se estiverem na bagagem de mão. Levar cadeados para as malas. Cada passageiro é responsável por suas bagagens. Fique atento à sua bagagem em aeroportos, hotéis e ônibus.

REMÉDIOS (consulte o seu médico): Conferir e levar todos os remédios habituais na bagagem de mão (enjoo marítimo, antigripal, anti-inflamatório, analgésicos, antiácido e remédios para problemas gastrointestinais, descongestionante nasal, antialérgicos, band-aids, pastilhas para garganta, colírio, etc.). Para utilizar medicação líquida durante o voo, o passageiro deverá portar a receita médica com a classificação internacional de doenças/tratamento, nome completo do usuário (como consta no Passaporte) e não exceder 100 ml. Transportá-los em suas embalagens originais.

CALÇADOS: Sapatos confortáveis. O melhor calçado, para a viagem e para os passeios mais longos, é um tênis ou outro calçado com solado antiderrapante. Procurar não viajar com sapatos novos e nem levar uma mala de sapatos! Uma sapatilha e um chinelo havaianas completam qualquer produção.

O QUE LEVAR: Máquina fotográfica (bateria extra e carregador), adaptador de tomadas, óculos de sol, óculos de grau, calculadora, despertador, sombrinha pequena, hidratante, tênis, protetor solar, boné e repelente.

O QUE NÃO LEVAR: Joias, objetos de valor e as preocupações. Deixá-los em casa.

IMIGRAÇÃO/ALFÂNDEGA NO PAÍS DE DESTINO: Ao passar pelos controles de imigração de cada país, apresentar o passaporte original, os vouchers, seguro de viagem internacional e o roteiro (se for solicitado). Não desembarcar com alimentos de origem animal ou vegetal na bagagem de mão. Consumi-los a bordo, durante o voo. Muitos países cobram multa por transporte indevido desses alimentos.

SEGURO: Observar as coberturas e restrições antes de utilizar. O procedimento é ligar para o telefone indicado no voucher, informar o número do seguro/apólice e aguardar instruções. Em casos de extrema urgência, dirigir-se ao hospital mais próximo e em seguida ligar para o seguro.

SEGURANÇA: Durante os passeios, não transportar todo o dinheiro, carregar apenas uma parte consigo, no porta-dinheiro (o restante deixar no cofre do hotel). Ao sair, não levar o passaporte original (deixar no cofre), portar apenas uma cópia.  Nunca deixar dinheiro, equipamentos eletrônicos, máquinas fotográficas e outros objetos de valor adquiridos na viagem, na bagagem a ser despachada. Manter, sempre, as malas fechadas com um cadeado, mesmo dentro dos apartamentos.

CARTÃO DE CRÉDITO INTERNACIONAL: Verificar o limite e desbloqueá-lo para uso no exterior (com mínimo de 01 semana de antecedência). Informar os países a serem visitados. Anotar em sua agenda o telefone da empresa emissora para caso de extravio. Não esquecer que a taxa de IOF para uso do cartão de crédito no exterior é de 6,38% para todos os cartões (pós e pré-pago).  O cartão pré-pago internacional recarregável (dólares) é simples e fácil de usar, mas sobre ele também incide o IOF para saques e débito. 

MOEDAS LOCAIS: Não trocar dinheiro com estranhos na rua ou em locais não oficiais. O risco de receber notas falsas ou que estejam fora de circulação será bem maior.

IMPORTANTE: Deixar com parentes uma cópia do roteiro para ser localizado em caso de emergências. Ler com atenção o material entregue pela agência e buscar informações gerais sobre a cultura, costumes e hábitos dos países visitados.

O PRIMEIRO PASSEIO: Pedir um cartão do hotel e mapas da cidade antes de se aventurar pelas ruas desconhecidas. Caso se perca, procure um táxi oficial e mostre o cartão do hotel e tudo estará resolvido.  

HOTÉIS/ADAPTADORES: Levar um adaptador de tomada universal. Lembrar-se que os adaptadores não alteram voltagem, simplesmente permitem a conexão entre os diferentes tipos de plugs. É comum haver canais de TV pagos. Em geral, há advertências a esse respeito no próprio monitor. 

USO DE CELULAR NO EXTERIOR: Antes de embarcar, consulte sua operadora sobre taxas e possibilidade de usar seu celular no exterior (é importante saber se o seu aparelho é compatível com o sistema de telefonia dos países visitados). Lembrar-se de levar o carregador bi-volt.

LIGAÇÕES PARA O BRASIL: Discar 0055 + cód. cidade + número do telefone. Chamadas a cobrar para o Brasil poderão ser feitas via EMBRATEL de alguns países (consulte a lista). Geralmente, os hotéis cobram taxas elevadas para ligações realizadas no apartamento. A BRASTEL oferece cartões telefônicos pré-pagos/recarregáveis para ligações do exterior ao Brasil. Os mesmos poderão ser adquiridos através do site: www.brastel.com.br ou telefone de atendimento ao cliente: 0800-770-3344.

GORJETAS: Reserve uma quantia para as gorjetas, em todos esses países, a gorjeta é essencial para os prestadores de serviços.

ALFANDEGA E AS COTAS: A cota é de USD 500 em compras no exterior + USD 500 no Free Shop do Brasil, por pessoa. Estão fora da cota os objetos de uso pessoal (01 máquina fotográfica, 01 relógio de pulso, 01 óculos, 01 telefone celular), além de acessórios, roupas, tênis, livros, produtos de higiene e beleza, etc. adquiridos no exterior desde que não caracterize fim comercial. Para os eletrônicos (laptop, celulares, etc.) continuam valendo as regras vigentes. Tudo que exceda a cota estará sujeito à aplicação de imposto de importação.